Nesta terça-feira, o dia foi de mobilização nacional, em Brasília. Representantes da  Associação Nacional dos Procuradores Municipais (ANPM) e das associações de todo o país, entre elas a APACEFOR, visitaram diversos parlamentares para entregar o “1º Diagnóstico da Advocacia Pública Municipal no Brasil”.

 

A publicação apresenta informações técnicas e dados relevantes sobre a realidade da Advocacia Pública nos municípios brasileiros. Com o estudo inédito, os procuradores municipais querem sensibilizar as autoridades políticas para a necessidade da aprovação dos projetos de fortalecimento e valorização da categoria junto ao Congresso Nacional.

 

“A cada encontro, demonstramos aos senadores que sem procurador concursado, geralmente, o gestor responde por improbidade. 99% dos casos de improbidade são por falta de procuradores concursados, por falhas formais na execução dos contratos e convênios. ” explica Pedro Quariguasi, presidente da APACEFOR.

 

Receberam exemplares da publicação: o deputado Alex Manante, do Estado de São Paulo, além dos senadores Lasier Martins, do Rio Grande do Sul, Sérgio Rogério de Castro, de Minas Gerais, Sérgio Petecão, do Acre, Roberto Requião e Gleisi Hoffmann, do Paraná, Tasso Jereissati e José Pimentel, do Ceará, dentre outros.

 

Na foto: Senador José Pimentel, o presidente da APACEFOR, Pedro Quariguasi, além dos procuradores municipais Guilherme Rodrigues, Lilian Paz e Márcio Aguiar, de Maracanaú.

Deixe uma resposta