Os jovens de todo o Brasil já se preparam para participar da 22ª Edição do Festival Halleluya. Realizado de 25 a 29 de julho, pela Comunidade Católica Shalom, no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), em Fortaleza, o evento destaca-se por oferecer gratuitamente ao público, estimado em mais de um milhão de pessoas, uma maratona de atrações de shows, músicas, teatro, dança, arte, esportes radicais, games, além de dar espaço ao empreendedorismo e à solidariedade. Tudo distribuído numa área de 80 mil metros quadrados, que este ano foi reformulada para garantir mobilidade e dar ainda mais conforto aos participantes.

Durante cinco dias, serão mais de 22 atrações na Arena Principal, com uma mega estrutura de palco, iluminação e som com muito pop, axé, forró, rock e samba. As atrações principais, como o Padre Fábio de Melo, Adriana Arydes, Banda Rosa de Saron, Missonário Shalom, Alto Louvor, da Bahia, Ana Gabriela, Suely Façanha, garantem a animação do evento, que é formado por 80% de jovens.

A arena Halleluya conta ainda com outros vários espaços temáticos com programações simultâneas para todas as idades. A Arena Cultural, por exemplo, é o maior espaço por onde circulam os jovens. Este ano estará reformulada, ampliada e ganhará  mais um palco para dar oportunidade às bandas locais  de participarem do evento. O palco alternativo será um espaço interativo para apresentações culturais diversificadas, com disputa de b-boy e outras atrações.

Na Tenda Eletrônica, o público vai poder curtir o som dos Djs. No Espaço Games, vai ser possível disputar uma partida de futebol ou dançar nos tapetes eletrônicos, já no Espaço Adventure, haverá pistas radicais para uso do público e realização de campeonatos de bike e skates.

Considerado o coração do Festival Halleluya, o Espaço da Misericórdia, com capacidade para 600 pessoas, terá uma grande capela com adoração ao Santíssimo Sacramento e oferecerá confissões, aconselhamentos, orações e cursos especiais na área da formação humana, todo os dias do evento.

Para os que desejam mais conforto e visão privilegiada, podem ficar no Lounge Halleluya, estrutura ampla e diferenciada, com estacionamento e banheiro privativos, cadeiras individuais e mesas para quatro pessoas, sendo o único espaço onde é necessário voucher para ter acesso.

Outro destaque no Festival Halleluya é o Espaço Vida que concentra solidariedade, uma parceria com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), que disponibiliza uma área para coleta de sangue e cadastro de medula óssea. O alto número de doações consolida o Halleluya como o evento mais solidário do estado do Ceará. O local é ponto de coleta também de arrecadação de alimentos. O público é convidado a doar um quilo de alimento não perecível. Junto com a Defesa Civil, os itens serão distribuídos para entidades sociais, em Fortaleza

A acessibilidade é prioridade para o evento que oferece uma área com visão e acesso privilegiados para receber pessoas com necessidades especiais contando com a presença de um instrutor de libras.

As crianças poderão se divertir no Espaço Halleluya Kids, totalmente pensado e desenvolvido para as crianças, onde os pais poderão deixá-las em segurança para curtir todas as atrações do Festival. Serão oferecidas atividades como jogos, brincadeiras, contação de histórias, apresentações teatrais, pintura de rosto e outras ações pedagógicas durante toda a programação do evento.

O Festival Halleluya também incentiva o empreendedorismo e a responsabilidade social. O espaço Construtores da Sociedade reúne cerca de 45 conteiners com o objetivo de apresentar projetos sociais, serviços e uma imensa variedade de produtos.

 O Halleluya mobiliza mais de seis mil voluntários, que se reversam em diversos serviços, antes e durante o Festival. Também conta com o apoio e plano de segurança dos órgãos públicos como Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Juizado de Menor, AMC, ETUFOR e Defesa Civil.

Saiba Mais:

O Halleuya foi criado em 1995, por meio do Projeto Juventude Shalom, como uma alternativa de evento onde os jovens pudessem ter acesso a uma variada programação cultural e artística, de forma saudável e solidária, e se chamava Trifest (por ser realizado inicialmente em três dias). Em 1996, o evento recebeu o nome de QuadriFest aumentando em um dia de duração do ano anterior. Somente em 1997 foi que recebeu o nome de Halleluya. Desde então, passou oito anos sendo promovido no Parque do Cocó. Em 2005, passou a ser realizado no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU). Em 2012, o evento atingiu a marca de 1,17 milhão de pessoas. Transformou-se, então, numa vitrine de eventos de artes integradas, passando a fazer parte da lista de convidados de artistas de renome nacional. Nesse mesmo ano, o evento ganhou força dentro e fora do país. O Festival foi realizado em cinco capitais brasileiras: Salvador, São Luís, Rio de Janeiro, Aracaju e nas cidades de Roma, na Itália, e Haifa, em Israel.

Serviço: 22ª Edição do Festival Halleluya

Data: 25 a 29 de julho de 2018

Local: Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU) – Avenida Alberto Craveiro, 2222 – Castelão – Fortaleza – Ceará – B

Programação: Todos os dias, a partir das 19 horas

www.festivalhalleluya.com

Mais informações: Inove Comunicação – Assessoria de Imprensa do Festival Halleluya

Verônica Melo (85) 99680-0908

Stella Magalhães (85) 99680-0900

Kamylla Carvalho (85) 98595-6082

Deixe uma resposta